Publicado em

A argila e suas principais aplicações

A argila e suas principais aplicações

 A argila medicinal geralmente se encontra próxima de águas ricas em minerais. A famosa “lama negra” hoje já faz parte de xampus e cremes para a pele, graças a essa riqueza mineral. Na medicina chinesa e natural ela deve ser aplicada topicamente ou em banhos.Mediante a aplicação da lama na pele, ela absorve as substâncias estranhas, abre os poros e exerce um poder absorvente, desinfetante, cicatrizante e antibactericida, promovendo assim o processo antiinflamatório e possíveis dores, inchaços e febres locais. Segundo o Dr. Adrian Vander, um dos maiores especialistas em argeoterapia da atualidade, a argila é recomendada nos seguintes casos:

  • Reumatismo das articulações

  • Dores lombares e musculares

  • Dores nervosas

  • Abcessos, supuração, ferimentos, eczemas, queimaduras.

  • Acnes e manchas de pele de qualquer origem

  • Artrose, osteoporose

  • Gota e esporão de calcaneo

  • Varizes e úlceras varicosas

  • Problemas ginecológicos.

  • Amigdalite, bronquite, enxaqueca.

  • Cálculo renal e biliar

  • Aplicada sobre o abdômen exerce poderes no estômago, pâncreas, visícula, fígado e intestino.

Pasta de argila : – 1 colher de (sopa) de gengibre ralado;
– 1 colher de (sopa) de pimenta do reino;
– 1 colher de (sopa) de cravo da índia;
– 1/2 xícara de vinagre de maça
– 4 xícaras de água
– Argila

Colocar os ingredientes para ferver em 4 xícaras de água durante 10 a 15 minutos, coar. Acrescente ½ xícara de vinagre de maça e adicione a argila até formar uma pasta homogênea. Aplicar o cataplasma no local desejado. Colocar por cima um plástico, envolver uma bolsa de água quente em toalha úmida e colocar em cima do cataplasma da argila.
Fazer no mínimo 15 aplicações, deixando agir uma hora por dia.
Este cataplasma deve ser usado em caso de: espondilite, bursite, tendinite, tenossinovite, gota, esporão do calcâneo, fibromialgia, polimiosite, polimialgia reumática, entorses, distensões, rigidez e espasmos musculares, luxações, joanetes, dores lombares e articulares, osteíte deformante, artrite, trombose, tromboflebite, flebite, artrose, osteoporose, tumor de parótida, artrite, inflamações de amígdalas, na região da nuca e externa do ouvido, labirintite – tumores.
Obs. Na bolsa de água, não colocar água fervente, apenas levemente quente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *